O Cláudio

CRISTINA Mag, 14 Setembro, 2018

 

“… Quando se aceita dar uma entrevista de vida é obrigação de qualquer pessoa ir para ela sem condições e ‘desarmado’. É desta maneira que vejo a função de quem pergunta e a obrigação de quem responde, que por qualquer que seja a razão foi convidado para o fazer.  Foi assim que me sentei frente a Cristina Ferreira. Eu frente a ela. Estavam os meus olhos colados aos dela para perceber até onde ia a conversa e por onde ia … Eu gosto da maneira que ela tem de entrevistar.”

Leiam as palavras do Cláudio aqui.

 

 

  • Comentários

    Artigos relacionados