Ao Meu Filho

CRISTINA, 4 Junho, 2014

Ainda não sabes ler mas sabes o quanto gosto de ti. Para mim chegas agora à maioridade. Sim, os filhos começam a voar mais cedo do que se imagina. Começas agora a construir o teu futuro. Queres ser pintor certo? E vender os teus quadros a 3€? A mãe fará tudo para te ver feliz. Quando nasceste a minha vida duplicou. Passei a ter a minha e a tua. E acrescentaste tanto à minha. Sorrisos, lágrimas, entusiasmo, preocupações mas, acima de tudo, amor. Ensinei-te a dizeres que gostas e a pedir desculpa. Premissas essenciais para um futuro risonho. Nunca fui muito ansiosa contigo. Deixo-te crescer ao teu ritmo , impondo nãos que te balizam. Até hoje foi muito fácil ser tua mãe. És tudo o que sonhei mais aquilo que não imaginei. Dizem que o pior começa agora. Talvez. Mas ser mãe também é não estar preparada. Sei que vamos reagir juntos. Sei que os teus estarão lá. Nunca fomos só os dois. E hoje estamos contigo. Parabéns filho.

  • Comentários

    Artigos relacionados