Partilha

CRISTINA, 9 Outubro, 2017

O desafio que me foi lançado pela Tetley: abrir o jardim do chá, no Wanderlust, com uma conversa motivacional. 

Às 14h30, em ponto, como é meu hábito, cheguei ao espaço onde já estavam muitas mulheres. Dois ou três homens. “A Mulher” seria o tema genérico da conversa, sendo que quis particularizar “A Culpa”. Sem filtros, numa partilha franca, falei do meu exemplo pessoal, tentando passar algumas mensagens que podem fazer a diferença. A culpa que nos pesa nos ombros numa sociedade ainda machista impede-nos, muitas vezes, de seguir o caminho sonhado. É na libertação que seguimos em frente. É preciso acreditar, gostarmos de nós próprias, sem dependências. Por sorte, a minha história familiar deu-me essas bases. Eu apenas parti daí para ser quem sou, sem receios do julgamento público. O silêncio e o olhar de quem me ouvia foram o melhor dos aplausos. E as partilhas finais que me segredaram ao ouvido no momento dos abraços. De coração.

 

Fotografia | José Ferreira

  • Comentários

    Artigos relacionados