O Palácio

cultura, 3 Outubro, 2017

“Eles não se perdiam aqui dentro, mãe?”
“O rei não dormia com a rainha?”

Perguntas, muitas. A melhor maneira de guardar é ver. Todas as minhas viagens de escola a visitar monumentos foram valiosas. Talvez me tenha ficado daí o gosto pela história. Neste fim de semana visitei o Palácio de Mafra. Quem é da terra habituou-se à imponência desde sempre. Mas como Santos da casa não fazem milagres… Já fui dezenas de vezes a casamentos realizados na basílica, mas faltava a visita com o meu filho. Para que não se esqueça. Do rei, da rainha, do convento. Da grandeza de tempos idos. Do passado que deu futuro.

 

 

  • Comentários

    Artigos relacionados