A Sofia

CRISTINA, 23 Setembro, 2015

cristina | sofia-4

Chegou a tremer. Estava nervosa, muito. Talvez porque na vida a felicidade lhe tenha fugido tanta vez. Tem força. Ganhou-a em miúda, quando cresceu, meio desamparada numa família imperfeita. Há marcas que não se apagam. Viveu até ser mulher feita em locais a que não podia chamar casa. Com a mãe foi andando de quarto em quarto, de pensão em pensão. Foi com o seu trabalho que conseguiu o seu lar. Um lar cheio de amor, o mesmo amor que lhe tem fugido. Um casamento, talvez cedo de mais, que falhou. Uma recente história de amor que acabou. Sofia está a levantar-se. Tem ternura no olhar. Precisa de mimo. Apeteceu-me abraçá-la várias vezes ao longo da entrevista. As palavras das memórias doem. Hoje na TVI.

cristina | sofia-2

cristina | sofia-6

cristina | sofia-11

cristina | sofia-3

cristina | sofia

cristina | sofia-9

cristina | sofia-17

cristina | sofia-15

cristina | sofia-19

cristina | sofia-16

cristina | sofia-12

cristina | sofia-18

cristina | sofia-21

cristina | sofia-23

cristina | sofia-22

Fotografias | Rui Valido
Hair & Makeup | Inês Franco
Project Manager | Inês Mendes da Silva
Digital Project Manager | Tiago Froufe Costa

  • Comentários

    Artigos relacionados